exercícios respiratórios

Usar exercícios respiratórios adequadamente no momento de fazer a sua meditação, pode proporcionar melhores resultados. A meditação é uma prática antiga de buscar o equilíbrio corporal e mental, tendo como base a respiração.

Encontrar esse equilíbrio vai reparar alguns incômodos do seu dia a dia, principalmente o estresse, a ansiedade, falta de sono. Além de fortalecer o sistema imunológico, a concentração e diversos outros benefícios no organismo. Tornar o seu corpo e a sua mente sãos vão ajudar a melhorar o seu estilo de vida.

Quer conhecer alguns tipos de exercícios respiratórios para fazer uma boa meditação? Leia todo este post!

1.   Respiração quadrada

A respiração quadrada é conhecida como Sama Vritti. É uma técnica pranayama hindu. São exercícios utilizados para controlar a ansiedade.

Essa respiração proporciona relaxamento e acalma os pensamentos negativos. Ela apresenta mais eficácia se a pessoa fizer deitada. Pode ser praticada em qualquer horário e lugar.

Ela eleva a relação entre o sistema nervoso central parassimpático e o simpático. O parassimpático se responsabiliza pelas ações conscientes, como a deglutição, a respiração, o piscar e outras.

Já o sistema nervoso simpático, age para fazer a regulação das ações inconscientes, por exemplo, a produção hormonal, os batimentos cardíacos etc.

O sistema nervoso simpático se responsabiliza pelas alterações do organismo e desperta a pessoa para o estado de alerta em casos de emergência, como os momentos de ansiedade, estresse e outras situações.

O sistema nervoso parassimpático orienta o corpo a voltar ao estado de calma por meio da respiração, em caso de meditação e, com isso, diminui a ansiedade e outros desconfortos.

2.   Respiração abdominal

A respiração diafragmática motiva o sistema nervoso central parassimpático que leva o corpo a se acalmar e, assim, amenizar as crises de ansiedade.

Esse tipo de respiração tem um resultado mais rápido. A respiração abdominal oxigena o cérebro e conduz a uma melhor concentração e a um sono de qualidade.

3.   Respiração alternada

Anuloma Viloma, Nadi Sodhana (Nadi=canais de energia e Sodhana=purificação), são outros nomes dados à respiração alternada. É uma respiração que prepara para a meditação.

Sua ação purifica os canais de energia (nadis). Por isso, beneficia as funções cardiorespiratórias, diminui a insônia, alivia o estresse e a ansiedade.

4.   Respiração luminosa

Conhecida como Kapalabhati. É uma técnica que tem o poder de purificar o sangue e o fígado, sendo esses, duas fontes essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Aumenta a quantidade de oxigênio no cérebro, promovendo melhorias para sua mente e minimizando o nível de ansiedade.

5.   Respiração bhastrica

Esse tipo de respiração age de forma que todo o organismo fica energizado, pois o sangue fica bem oxigenado e, assim, tonifica a área abdominal e estimula todas as funções do seu sistema respiratório e digestivo. Além disso, melhora a postura e auxilia na diminuição da ansiedade e do estresse.

Mas atenção! Pessoas cardiopatas, com glaucoma, mulheres grávidas e pessoas que apresentam qualquer tipo de restrição médica, são aconselhadas a não praticarem essa respiração.

Como vimos, os exercícios respiratórios podem ser realizados de diversas formas. Desfrute dos benefícios da meditação, ela é uma prática saudável de tirar as tensões do dia a dia, aliviar o estresse, a ansiedade e melhorar o sono. Faça da meditação um hábito diário! Você vai perceber que por meio de uma forma tranquila de agir, você vai obter qualidade de vida.

Gostou de conhecer algumas maneiras de respirar para fazer uma meditação eficaz? Então, entre em contato conosco para receber mais informações!

Academia Nadarte
Escrito por Academia Nadarte