como evitar o sedentarismo

Saber como evitar o sedentarismo é mais fácil do que parece. No entanto, como estamos em um período de isolamento social, se exercitar pode parecer um verdadeiro desafio. Faltam opções e, até mesmo, motivação para sair do sofá e aproveitar alguns breves momentos de exercício físico.

Antes de tudo, é preciso dizer que as atividades físicas ajudam a melhorar a imunidade, humor e, até mesmo, podem se tornar uma fonte de prazer e de alívio do estresse — praticamente tudo o que precisamos nesse momento de dificuldade.

Para que você consiga realmente ter uma vida mais saudável, neste post falaremos sobre algumas dicas básicas e de fácil implementação que podem ajudar sua quarentena e seu bem-estar. Pronto para saber mais a respeito? Então, continue sua leitura até o final!

1. Tenha uma rotina estabelecida, mesmo em casa!

A palavra rotina normalmente tem uma conotação negativa, e rapidamente pensamos em monotonia e repetição constante. Entretanto, vale a pena mencionar que a rotina é a base de uma boa produtividade e de bons hábitos.

Para quem deseja sair do sedentarismo o ideal é manter uma rotina de exercícios físicos por, pelo menos, 3 semanas, período em que um hábito começa a se concretizar na nossa vida. Portanto, a dica mais importante é essa: estipule e continue praticando exercícios por pelo menos 2 ou 3 vezes na semana. Isso é o suficiente para afastar doenças e melhorar sua qualidade de vida.

2. Exercite-se logo pela manhã

Existe uma razão pela qual as pessoas preferem se exercitar pela manhã: elas tiram a sensação de obrigação e evitam faltar seus treinamentos por conta dos afazeres do cotidiano. Verdade seja dita, ao longo do dia nossa energia diminui e o cansaço aumenta. É bem mais complicado ir à academia depois do trabalho ou em algum outro momento mais próximo do descanso, não é mesmo?

Em casa, a mesma regra vale: procure se exercitar logo pela manhã para evitar a falta de exercício físico ao longo do dia. Isso afasta o sedentarismo e ainda faz com que você colha vários benefícios, como mais energia e sensação de bem-estar para começar nas suas tarefas mais importantes.

3. Busque por exercícios simples que podem ser feitos em casa

Esqueça movimentos complicados, com peso ou algum tipo de resistência. Além disso, evite utilizar muitos materiais caseiros (como cadeiras, mochilas e semelhantes) para se exercitar. O ideal é encontrar movimentos básicos, simples e que resultam em grandes resultados quando realizados da forma correta e por um período considerável.

Para facilitar sua busca, procure mais sobre: flexão de braços, agachamento, abdominais, passadas (ou avanço), barra fixa (se tiver uma, é bem-vindo), burpee, polichinelo, etc. Esses movimentos são eficazes, têm aprendizado razoável e são suficientes para que você tenha saúde e melhores resultados estéticos e em performance.

4. Acompanhe canais e blogs na internet

Outra dica para mantê-lo motivado durante a quarentena é o acompanhamento de conteúdos fitness na internet. Blogs, redes sociais e vídeos são a melhor forma de aprender e, até mesmo, de trocar experiências sobre seus treinamentos em casa.

Veja séries, repetições, progressões, dicas e alguns conteúdos educativos para ter certeza de que seu treinamento é seguro e efetivo. Obviamente, procure por profissionais da área e por pessoas qualificadas no assunto para auxiliá-lo também.

O nosso blog, por exemplo, é uma excelente fonte de informação para quem busca aprender mais sobre uma vida mais ativa e exercícios físicos. Então, que tal dar uma olhada?

5. Crie metas

Por fim, não deixe criar metas para manter a motivação. Tente atingir um número de repetições ou de séries para aumentar sua força, e quem sabe, ganhar um volume muscular nas regiões que você mais precisa.

Uma meta de perder peso também é possível, desde que uma dieta balanceada seja combinada com todas essas dicas.

Seguindo esta postagem, temos certeza que você conseguirá evitar o sedentarismo de forma prática e sem grandes dificuldades, mesmo na quarentena e sem equipamentos especializados.

Gostou do post? Veja nosso conteúdo sobre cuidados com a saúde — você não se arrependerá!

Academia Nadarte
Escrito por Academia Nadarte