treino funcional

Com o surgimento de diversas categorias de atividades físicas, realmente, se torna uma tarefa difícil ficar por dentro de todas as novidades.

Dentre as principais buscas nas academias, as aulas de treino funcional são as que contam com maior número de alunos, e um dos motivos mais importantes é que o treino funcional emagrece.

Será que é verdade? E o que justifica isso?

A seguir, você poderá conhecer os benefícios e possíveis contribuições da prática para sua saúde e boa forma.

Metabolismo

Os exercícios propostos durante a aula consistem em levantamentos de pesos livres, agachamentos, saltos e muito mais.

O uso de acessórios é opcional, mas uma coisa é certa: o treino funcional também melhora o funcionamento metabólico.

Você pode estar em dúvida sobre o que isso significa, mas é simples.

Seu corpo queimará mais calorias e, com uma dieta equilibrada, com o número de calorias menor que o gasto, você terá um resultado para emagrecimento.

As aulas sempre contam com estímulos aeróbicos, o que induz à maior queima calórica.

Gordura

A metodologia de montagem de treinos é determinante para a redução de gordura, portanto, vale muito a pena saber que o treino funcional pode ser conveniente para todos que desejam reduzir o percentual de massa gorda.

A variação do tempo das atividades é de 20 a 60 minutos, e é possível eliminar de 300 até 1000 calorias durante esse tempo.

Esse número é apenas um referencial, já que varia de acordo com a intensidade, descanso e metabolismo de cada praticante.

Barriga trincada

Se você quer conquistar aquela barriga negativa e hipertrofiada, saiba que o treino funcional pode ser um grande aliado.

Conciliado com uma dieta equilibrada, os movimentos de rotação abdominal podem favorecer a musculatura.

Os giros do quadril, a contração da barriga e controle de respiração são os principais fatores que favorecem para você conseguir uma boa definição.

Qualidade muscular

O treino funcional não é a principal indicação para quem deseja hipertrofia, pois não assegura aumento de volume. Porém, pode atuar para melhorar a sua qualidade muscular.

O uso de pesos livres não estimula o ganho de massa muscular, mas se combinado com um bom planejamento de musculação, os resultados podem ser plausíveis.

A diferença é que a musculação trabalha os grupos musculares de forma específica, enquanto o funcional estimula o corpo como um todo.

O treinamento funcional ainda favorece a consciência de respiração e resistência física, o que aumenta a qualidade e rendimento no levantamento de cargas.

Lesões

O risco de ocorrer lesões está presente em todas as modalidades de exercícios físicos, mas há alguns que são mais propensos.

treino funcional não sobrecarrega nenhuma região corporal específica, por isso, reduz-se as chances de ocorrer consequências às articulações.

Sabendo que esse treinamento proporciona uma melhor consciência corporal, o risco de lesões é reduzido também pela melhora de coordenação motora.

Lembre-se, o ideal é praticar todas as atividades físicas com o acompanhamento de um profissional qualificado.

Apenas ele será capaz de identificar o seu condicionamento físico e movimentos que estará apto para realizar.

Inovador

O treino funcional pode ser uma forma de você se sentir motivado continuamente para se manter ativo.

Diferente de aulas que você já vai sabendo o que fará, esse treinamento sempre irá propor algo novo.

E essa inovação pode ser um dos artifícios para dar continuidade à prática regular.

Em uma aula você praticará arremessos ou agachamentos, enquanto em outras realizará simulações de escalada, burpees, flexões.

Enfim, cada dia será proposto um novo programa de atividades.

Gostou de saber um pouco mais sobre como o treino funcional emagrece? Entre em contato conosco e saiba muito mais!

Academia Nadarte
Escrito por Academia Nadarte