Cada vez mais, as pessoas buscam informações e dicas de como se comportar e o que fazer para obter um corpo forte, saudável e bonito. Tanto homens quanto mulheres, para atingirem seus objetivos, modificam as rotinas e passam a se alimentar melhor e fazer treinos mais específicos.

É o caso da musculação feminina, uma modalidade que tem se tornado bastante popular em que as mulheres aderem aos treinos de força. Quer entender um pouco mais sobre esse assunto? 

O treino de força

Os treinos de força requerem o trabalho de diversos grupos musculares. No caso, na musculação feminina, as mulheres vão trabalhar esses grupos musculares de forma isolada e\ou composta.

Nesse tipo de treinamento, utiliza-se muito peso (entre 75% e 90% da força máxima), complementadas com um número pequeno de repetições. As longas e cansativas repetições de 10 e 15 estão banidas nesse caso.

Para melhores resultados com esse tipo de treino, o ideal é fazer entre 5 e 7 repetições. A meta principal é, gradualmente, aumentar o peso e diminuir a quantidade de repetições.

Os mitos sobre a musculação feminina

É comum associar, na musculação feminina, os treinos de força com ganho exagerado de massa muscular. O que acontece, de verdade, é o estímulo à hipertrofia muscular, com aumento de massa magra e desenvolvimento de fibras. E, obviamente, a redução da gordura corporal, provocada por um alto consumo durante e após os treinos.

Portanto, você não vai se transformar na versão feminina do The Rock — não se preocupe com isso! A não ser que você recorra a esteroides e anabolizantes — o que não é uma prática bacana, certo?

Os tipos de treino de força

  • Levantamento Terra;
  • Agachamento com Barra;
  • Agachamento Frontal;
  • Afundos com Barra;
  • Supino;
  • Remada Curvada com Barra;
  • Elevações de Tronco.

Os benefícios dessa modalidade de treino

Na musculação feminina, os treinos de força podem oferecer diversos benefícios que vão além do ganho estético e da melhora do corpo — aumento de massa magra e perda de gordura.

  • Ajudam na remodulação óssea: os treinos de força aumentam a capacidade de fortalecimento dos ossos;
  • Fortalecem o tecido conjuntivo: melhoram a estabilidade das articulações e reduzem as chances de lesão;
  • Aumentam a força funcional: atividades mais intensas do dia a dia são feitas com mais facilidade — carregar peso, subir e descer escadas, brincar com crianças, por exemplo;
  • Aumentam a autoestima e a confiança: é a velha máxima “corpo são e mente sã”;
  • Aumentam a expectativa de vida: o treino de força otimiza a liberação de hormônios anabólicos, que possuem a função de regenerar os tecidos, de prevenir e de retardar o envelhecimento.

Comprovadamente, os treinos de força na musculação feminina são muito eficientes e trazem diversos benefícios. Infelizmente, ainda existem muitos preconceitos e mitos em relação a essas questões. Porém, com informação e educação, todas as pessoas podem quebrar esses tabus e viverem mais felizes, saudáveis e de bem com a vida.

Gostou do texto? Então, deixe aqui o seu comentário sobre o que você acha da musculação feminina e dos treinos de força. Comente qual tipo de exercício você acha melhor e quais são as suas técnicas para emagrecer.

Academia Nadarte
Escrito por Academia Nadarte