tipos de agachamento

O agachamento é considerado um dos melhores exercícios porque há vários tipos que podem ser praticados. Todos eles serão muito benéficos para a musculatura da coxa, glúteos e até mesmo para o fortalecimento do abdômen. Eles ajudam a melhorar a postura e o desempenho em caminhadas e corridas. E pode ser ótimo para a musculação também.

Neste post selecionamos os melhores tipos de agachamento para esse tipo de treino. Confira e detone na musculação!

1. Agachamento livre com barra

A maioria dos frequentadores de academias possui preconceitos contra o agachamento. É comum que as pessoas pensem que ele tem uma grande possibilidade de erros na execução e por isso evitam praticá-lo. Claro que alguns cuidados devem ser tomados, mas isso deve ser feito em todos os exercícios físicos.

Neste primeiro agachamento devemos prestar atenção ao local adequado da barra, que é a parte posterior dos ombros. Retire a barra sempre com os pés firmes e  joelhos flexionados para que a coluna não seja sobrecarregada.

Diferentemente do agachamento frontal, em que a coluna precisa estar ereta, aqui o tronco deve estar levemente flexionado para a frente. Não devemos nos esquecer do uso do cinturão para evitar lesões na coluna.

2. Agachamento frontal


Essa variedade de agachamento consiste em flexionar os joelhos com a coluna ereta e a barra apoiada na parte da frente do corpo – por isso é chamado de frontal. Ele atua intensamente sobre os quadríceps, o core, glúteos e até mesmo abdominais.

O agachamento frontal utiliza uma técnica muito mais complexa que o agachamento tradicional e deve ser utilizado por aqueles que já estão em um nível mais avançado de musculação. Apesar de as cargas usadas geralmente serem mais leves que no agachamento tradicional, isso não significa que ele trabalhe menos os músculos.

Para este e qualquer tipo de série de exercícios, concentre-se em executar uma correta respiração. Isso é importante para oxigenar os pulmões e facilitar a saída do gás carbônico do corpo.

3. Agachamento no hack

Aqui o agachamento é executado com o auxílio de um aparelho, o hack. Ele se parece muito com o livre, mas é guiado. A coluna fica encostada na prancha e os pés firmados sobre a base do aparelho, que é ligeiramente inclinada.

Este tipo de agachamento pode ser praticado por pessoas que apresentam problemas de coluna ou na lombar exatamente pelo fato de ter uma execução mais fácil do movimento. Os músculos mais trabalhados são os quadríceps e os glúteos, além das pernas.

4. Agachamento afundo

Esta é uma variação do agachamento livre executada unilateralmente. Com alteres ou anilhas nas mãos, o movimento será realizado com uma perna à frente da outra, sendo que a força deve ser toda concentrada na perna da frente e o joelho se flexionará em 90º.

Enquanto isso, o joelho da outra perna descerá até quase encostar no chão sem fazer força, dando apenas equilíbrio e sustento. Este é um dos tipos de agachamento que mais trabalha os glúteos, por conta da alta concentração de força nessa região do corpo.

Qual é o melhor tipo de agachamento para mim?

Depois de apresentarmos alguns tipos de agachamento utilizados na prática das academias, resta a dúvida de qual deles é o melhor para se fazer. Primeiramente, você deve observar qual o seu objetivo na musculação. Quer ganhar massa nos quadríceps e core? Invista na prática do agachamento frontal e no livre com barra.

Seu foco é nos glúteos? Agachamento afundo é a melhor escolha. Possui algum problema de coluna? Faça o agachamento no hack.

Tudo dependerá do grupo de músculos que se deseja trabalhar mais e de sua capacidade física neste momento. Mas lembre-se de sempre consultar seu instrutor da academia ou personal trainer para ajudá-lo a encontrar o mais adequado para você e acompanhá-lo na execução do exercício.

Existem vários agachamentos desenvolvidos hoje em dia, mas nada o impede de praticar mais de um tipo. A presença de duas ou mais variações desse exercício deixa o treino ainda mais completo. E associe esse treinamento a uma  boa alimentação e perceba os resultados!

Gostou das dicas? Já experimentou algum desses tipos de agachamentos? Deixe seu comentário e compartilhe suas experiências com a gente!

Academia Nadarte
Escrito por Academia Nadarte